Reserva Tinto

Vinho Tinto com carácter freixenista do Douro Superior. Aroma intenso e complexo a frutos Pretos maduros equilibrado pelo estágio de 12 meses em barrica

ESTÁGIO

12 meses em barricas de carvalho Francês (2/3) e Americano (1/3).

FICHA TÉNICA

Colheita 2017
Denominação DOC Douro
Castas Tinta Roriz, Touriga Franca e Touriga Nacional
Álcool 14,5%
pH 3.73
Acidez total 4,8 g/dm3
Açucares totais 3,8 g/dm3

Enologia Casa Agrícola Manuel Joaquim Caldeira

 

 

14.99 /750ml

HISTÓRIA

Origem

As uvas que dão origem a este vinho são um “field blend” de vinhas velhas plantadas em socalcos à beira Douro, combinadas com uvas das vinhas mais altas da Quinta dos Castelares, em Freixo de Espada à Cinta, no Douro Superior, a uma altitude entre os 500-600 metros.

Com o objectivo de obter o equilibrio necessário a um vinho que queremos encorpado, mas com perfil elegante. Solos de xisto, vinha em socalcos com orientação dominante Norte-Nascente.

PROCESSO

Vinificação

Vindima manual. Desengace total seguido de esmagamento. As uvas são fermentadas por castas e por parcela de vinha, com o objectivo de fazer a selecção que permita um melhor resultado final. Fermentação em cubas inox de pequena capacidade, a uma temperatura de 24ºC.

Maceração controlada e suave, com o objectivo de obter vinhos concentrados, aromáticos e elegantes.

HARMONIZAÇÃO

Gastronomia

Experimente-o com pratos intensos de carne ou queijos.

NOTAS

Prova

O Reserva Tinto da Quinta dos Castelares é um vinho com carácter ‘freixenista’ do Douro Superior. Resulta de uvas de vinhas de baixa altitude, à beira Souro, com vinhas velhas a cerca de 600m, das castas Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz.Esta combinação deu origem a este vinho que se destaca pela intensidade dos aromas de frutos pretos maduros. O estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês e americano conferiu-lhe equilíbrio e elegância.

Também pode gostar…